Telecentrofoz divulga mais um curso da Rede EAD Senasp/MJ. Inscrições abertas de 22 a 29 de agosto  e as aulas começam no dia 27 de setembro.

Carga Horária: 60h/aula

Apresentação
Este curso reúne diversas informações e reflexões destinadas à articulação e ao desenvolvimento de estratégias visando o enfrentamento à discriminação e à violência contra a comunidade GLBT (gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais), promovendo o respeito à diversidade, pautado nos princípios dos Direitos Humanos. Permite o acesso a informações sobre os diferentes grupos sociais, suas necessidades e anseios, para viabilizar, na atividade profissional, a defesa e promoção da cidadania de todos, sem distinção de cor, gênero, orientação sexual, classe social, religião ou etnia.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública, bem como aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na REDE EAD.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1- Conceitos e Contextualização Histórica
Módulo 2- A Homossexualidade no Contexto Jurídico – Amparo Legal sobre o Tema
Módulo 3- O Papel do Profissional de Segurança Pública no Enfrentamento à    Homofobia.

Referência Bibliográfica
ABRAMOVAY, M., CASTRO M.G e Silva, L.B. Juventudes e Sexualidade. Brasília: UNESCO Brasil, 2004
BALESTRERI, R.B. Direitos Humanos: segurança pública e promoção da Justiça. Passo Fundo: Berthier, 2004.
BARBOSA, Bia. Movimento Equilibra Diálogo e Confronto para Conquistar Direitos. Revista Carta Maior. 15/06/2007. Disponível em: <http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia id=14327>
BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Projeto Somos Desenvolvimento, organização, advocacy e intervenção para ONGs que trabalham com gays e outros HSB. Brasília:Ministério da Saúde, 2005.

Mais informações acesse: http://www.mj.gov.br/ead

Anúncios