Telecentrofoz divulga cursos da Rede EAD Senasp/MJInscrições abertas de 14/05 a 20/05/14 e início das aulas   dia 11/07/2014.

Carga horária: 40 horas

Apresentaçãomediac3a7c3a3o-comunitc3a1ria-c
No curso de Mediação de Conflitos 1 você estudou  os aspectos conceituais da mediação e do mediador. Já, no curso de Mediação de Conflitos 2, você estudou os modelos, as técnicas e o passo a passo do processo mediação. Em ambos os cursos o papel da mediação no contexto comunitário foi sempre lembrado, mas nesse curso específico, você terá a possibilidade de ampliar seu conhecimento sobre esse tema com aportes da experiência de Justiça Comunitária desenvolvida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Território – TJDFT.
Espera-se que o conteúdo desse curso possa auxiliá-lo nas suas atividades de segurança pública e, ao mesmo tempo inspirar outras experiências de mediação comunitária.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública, bem como aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na REDE EAD.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1 – Estabelecendo o cenário
Módulo 2 – O  Espaço e a Equipe da Mediação Comunitária
Módulo 3- Pensando na Capacitação da Equipe

Referências Bibliográficas
BRASIL. Justiça Comunitária. Brasília: TJDF, 2006
BRASIL. Secretaria Justiça e Direitos Humanos. Direitos Humanos e Mediação Comunitária. 2010. [Org. SEIDEL, Daniel]
CORDEIRO, Bernadete M. P.; SILVA, Suamy. S. Direitos humanos: referencial prático para docentes do ensino policial. 2. ed. Brasília: CICV, 2005.
CORDEIRO, Bernadete M. P. Estado da arte: estudo sobre as idéias de estudiosos, instituições nacionais e internacionais, bem como organismos governamentais e não governamentais, sobre a elaboração de uma agenda de temas e ações de treinamento “comuns” para diminuir as cifras de violência e de criminalidade na América Latina. Brasília: PNUD, 2008. (Projeto 04/29: relatório técnico)
TAVARES DOS SANTOS, José Vicente. Violências, América Latina: a disseminação de formas de violência e os estudos sobre conflitualidades. Disponível em < http://www.scielo.br/scielo&gt;. Acesso em 12 set 2008.

Mais informações acesse: http://www.mj.gov.br/ead

Anúncios