Telecentrofoz divulga cursos da Rede EAD Senasp/MJ.Inscrições abertas de 18 a 26/05/2017  e início das aulas no dia 26 de junho.

Modalidade: a distância

Carga horária: 60 horas

ApresentaçãoETP

Considerada uma atividade criminosa transnacional, o Tráfico de Pessoas tornou-se assunto de relevante importância para o Brasil, resultando na Política e nos Planos Nacionais de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.
Por ser um crime complexo, pela sua característica intersetorial, seu enfrentamento exige uma articulação de todas as forças policiais e sociais. É de fundamental importância que todos os profissionais da área de segurança pública tenham acesso a informações sobre essa temática, assim como sobre os avanços e conquistas realizados pelo Brasil, de maneira sintonizada com os estudos mais recentes para a compreensão do fenômeno e com as estratégias para o seu enfrentamento.
É nesse sentido, que esta nova versão do curso, está pensada e elaborada, objetivando capacitar os profissionais de segurança pública, para compreenderem e trabalharem diretamente no enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Brasil, em todas as suas modalidades, mas de forma mais específica no tráfico para fins de exploração sexual.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública, bem como aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Não há

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, audição dos áudios, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1 – Contextos e dinâmicas migratórias
Módulo 2 – Tráfico de Pessoas: conceito e tipologias
Módulo 3 – Tráfico de Pessoas: contexto legal
Módulo 4 – Identificação de casos de Tráfico de Pessoas
Módulo 5 – Técnicas aplicadas no contato com as vítimas
Módulo 6 – A política e os planos nacionais de enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

Referências Bibliográficas
• BRASIL. Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República. Disseminação da metodologia do programa de assistência a crianças e adolescentes vítimas de tráfico para fins de exploração sexual. Brasília: Companheiros das Américas, 2009.
• BRASIL. Secretaria Nacional de Justiça: sistematização da experiência de um ano de funcionamento do posto. Brasília: Ministério da Justiça/SNJ, UNODC, 2009.
• BRASIL. Metodologia integrada de coleta e análise de dados e informações sobre tráfico de pessoas. MJ: Secretaria Nacional de Justiça & Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). S/d.
• TERESI, Verônica Maria. Guia de Referência para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas no Brasil. ICMPD. 2012.

Para se inscrever:

http://portal.ead.senasp.gov.br/ 

Anúncios