Início

Inscrições Ciclo 40

Deixe um comentário

A partir de hoje, 18/05 a 26/05/2017.

Acesse http://portal.ead.senasp.gov.br e garanta sua vaga.

Dúvidas procure o Telecentro.

 

Violência, Criminalidade e Prevenção – VCP VN

Deixe um comentário

Telecentrofoz divulga cursos da Rede EAD Senasp/MJInscrições abertas de 18 a 26/05/2017 e início das aulas no dia 26 de junho.

Carga horária: 40 horas/aula

Modalidade: a distância

Área da Matriz Curricular Nacional: Área temática II – Violência, crime e controle social.

ApresentaçãoÍndice9
O curso VCP VN (versão nova) é uma atualização do curso VCP VA. Os alunos que já fizeram o curso Violência, Criminalidade e Prevenção em ciclos anteriores não precisam fazê-lo novamente.

Nesse curso você terá a oportunidade de entrar em contato com os conceitos e taxonomias que vêm sendo utilizadas como referências para o desenvolvimento de mecanismos de compreensão dos fenômenos da violência, do crime e da desordem. De igual maneira, conhecerá as melhores referências de como implementar medidas de prevenção que vêm sendo utilizadas com sucesso em outras realidades e que, se forem devidamente adaptadas e customizadas para a realidade brasileira, poderão oferecer resultados importantes na redução das taxas de violência e crime das quais temos sido testemunhas.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública, bem como aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na Rede EaD SENASP.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1 – Violência e Criminalidade: definições, classificações e implicações
Módulo 2 – Prevenção e controle da violência e do crime
Módulo 3 – O papel da polícia na prevenção e controle da violência, do crime e da desordem.

Referências Bibliográficas

CERQUEIRA, D, CARVALHO, A., RODRIGUES, R. I. & LOBÃO, W. Análise dos
custos e consequências da violência no Brasil. Brasília: IPEA, 2007.
CERQUEIRA, D. Causas e consequências do crime no Brasil. Rio de Janeiro: PUC,
2010. (Tese de Doutorado).
WAISELFISZ, J. J. Mapa da Violência 2011: os jovens no Brasil. São Paulo:
Instituto Sangari, 2011.

Para se inscrever acesse:

https://portal.ead.senasp.gov.br/

Uso Diferenciado da Força – UDF

Deixe um comentário

Telecentrofoz divulga mais um curso da Rede EAD Senasp/MJ. Inscrições abertas de 18 a 26/05/2017 e início das aulas no dia 26 de junho.

Carga horária: 60 horas

Modalidade: a distância

Apresentação

udf O curso Uso Diferenciado da Força é a versão atualizada do curso Uso Progressivo da Força e tem como ponto de partida a necessidade de alinhamento do tema “uso da força” a Portaria Interministerial no. 4226 de 31 de dezembro de 2010. O conteúdo do curso, além dos documentos internacionais e nacionais, observa os considerandos e as diretrizes contidas na referida portaria os quais dizem respeito a concepção do direito à segurança pública com cidadania; a necessidade de orientação e padronização dos procedimentos da atuação dos profissionais de segurança pública aos princípios internacionais sobre o uso da força e a redução dos índices de letalidade resultantes de ações envolvendo agentes de segurança pública.

Público de Interesse
O curso se destina aos profissionais da área de segurança pública e aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
FDHP VA – a partir do ciclo 38

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1 – Uso da força pelos Agentes de Segurança Pública
Módulo 2 – Modelos de uso diferenciado da força
Módulo 3 – Princípios básicos do uso da força
Módulo 4 – O uso diferenciado da força

Referências Bibliográficas

Mais BALESTRERI, Ricardo Brisola. Direitos humanos: coisa de polícia. 2. ed. Passo
Fundo: Capec, 2002.
BARBOSA, Sérgio Antunes e ANGELO, Ubiratan de Oliveira. Distúrbios civis:
controle e uso da força pela polícia. Vol 5. Rio de Janeiro: Freitas Bastos
Editora, 2001. (Coleção polícia amanhã)
CERQUEIRA, Carlos Magno Nazareth. Polícia, violência e direitos humanos. Rio
de Janeiro: Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, 1994. (Série cadernos
de polícia)
CORRÊA, Marcelo Vladimir. Abordagem Policial Militar no patrulhamento
motorizado face ao treinamento profissional específico no 8º RPM: Período de
1998 a 2000. Belo Horizonte: PMMG, 2001.

Para se inscrever acesse:

https://portal.ead.senasp.gov.br/

Técnicas e Tecnologias Não Letais de Atuação Policial – TNL

Deixe um comentário

Telecentrofoz divulga mais um curso da Rede EAD Senasp/MJ. Inscrições abertas de 18 a 26/05/2017 e início das aulas no dia 26 de junho.

Carga Horária: 60h/aula

Modalidade: a distância

Apresentação

TNL O objetivo principal deste curso é a sensibilização dos profissionais da  área de Segurança Pública sobre a importância de se conhecer e utilizar novas técnicas e tecnologias que podem ser tão eficazes (ou mais) quanto as existentes atualmente, mas que tenham um enfoque um pouco diferente do que estamos acostumados: A preservação da vida. O conhecimento da própria função no contexto da Segurança Pública, e a busca do conhecimento necessário para desempenhá-la da melhor forma possível são fatores primordiais para a mudança de mentalidade e evolução da cultura ética na Segurança Pública.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na Rede EaD SENASP.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1- Contexto Geral
Módulo 2- Implantação de um Programa de Armas Não -Letais
Módulo 3- Equipamentos Não-Letais
Módulo 4- Técnicas Não-Letais

Referência Bibliográfica
ROVER, Cees de. Para servir e Proteger. Direitos Humanos e Direito Internacional Humanitário para Forças Policiais e de Segurança: Manual para Instrutores. Trad. Silvia Backes e Ernani S. Pilla, Belo Horizonte: Imprensa Oficial de Minas Gerais, 2001.
HEAL, Sid e Jany, Eduardo. As 10 Considerações para o Sucesso na Implementação de um Programa de Armas Menos-Letais. In: 1º Seminário Internacional de Tecnologias Não-Letais, Brasília, 2006.

UNITED STATES OF AMERICA. NATIONAL INSTITUTE OF JUSTICE. Selection and Aplication Guide To Personal Body Armor. Traduzido por Taurus Blindagens.(Título em Português: Guia para seleção e aplicação do colete balístico para policiais). – São Paulo: Escolas Profissionais Salesianas, 2005.

CORDEIRO, Bernadete Moreira Pessanha e da SILVA, Suamy Santana. Direitos Humanos: uma perspectiva interdisciplinar e transversal. 2ª Ed.Brasília: Comitê Internacional da Cruz Vermelha.
RAMALHO, Alexandre Ofranti, da SILVA, Dejanir Braz Pereira e FREIRE, Paulo Henrique Batista. Ocorrências com reféns: fundamentos e práticas no Brasil. Vitória: Departamento de Imprensa Oficial/ES.

 

Para se inscrever acesse:

https://portal.ead.senasp.gov.br

Sistema e Gestão em Segurança Pública – SGSP

Deixe um comentário

Telecentrofoz divulga cursos da Rede EAD Senasp/MJInscrições abertas de 18 a 26/05/2017 e início das aulas no dia 26 de junho.

Carga Horária: 60h/aula

Modalidade: a distância

Apresentação

SGSP Esse curso articula a história das instituições de segurança pública, o conhecimento prático dos profissionais da área e o cenário atual da sociedade brasileira, com o objetivo de promover uma gestão estratégica, fundamentada na modernidade, na integração e na democracia, que possa subsidiar um ‘modelo de gestão’ de segurança pública baseado na premissa da participação cidadã e da valorização, respeito e promoção dos direitos humanos.

Público de Interesse
O curso se destina a qualquer profissional da área de segurança pública, bem como aos profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na Rede EaD SENASP.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Conteúdo Programático
Módulo 1- A Constituição da Organização Policial no Brasil
Módulo 2- O Sistema Brasileiro de Policiamento
Módulo 3- Gestão de Segurança Pública
Módulo 4- Minas Gerais: O Arranjo Institucional do Sistema de Segurança Pública: Um caso a ser estudado

Referência Bibliográfica
BALESTRERI, Ricardo. Qualificar o processo qualificando a pessoa: algumas contribuições à reflexão sobre capacitação de operadores policiais. 2006. Disponível em: <www.sp.df/sites> Acesso: em 30Maio2007.
BATISTA,Emerson de Oliveira. Sistema de Informação: O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. Saraiva,2006.
BATITTUCCI, Eduardo Cerqueira; CRUZ Marcos Vinícius Gonçalves da; RIBEIRO, Ludmila Mendonça. Criminalidade violenta na região metropolitana de Belo Horizonte (RMBH): Reflexos nas políticas de segurança.In:XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005, Belo Horizonte. Anais do XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005.
BAYLEY, David H. Padrões de Policiamento: Uma análise comparativa internacional. São Paulo: Edusp, 2001.

 

Para se inscrever acesse:

 https://portal.ead.senasp.gov.br/

Sistema de Comando de Incidentes 1- SCI 1

Deixe um comentário

Telecentrofoz divulga mais um curso da Rede EAD Senasp/MJ. Inscrições abertas de 18 a 26/05/2017 e início das aulas no dia 26 de junho.

Carga Horária: 60h/aula

Modalidade: a distância

Apresentação

SCI 1O curso cria condições para o estudo dos principais conceitos e métodos envolvidos nesse modelo de gerenciamento desenvolvido para comando, controle e coordenação, em resposta a situações de emergência. O Sistema de Comando de Incidentes (SCI) é uma metodologia que tem como objetivo a estabilização do incidente e a proteção da vida, da propriedade e do meio ambiente.

Público de Interesse
O curso se destina a Policiais Civis, Policiais Militares, Policiais Rodoviários Federais, Bombeiros Militares, Guardas Municipais e profissionais administrativos que atuam nessas instituições.

Requisitos
Este curso não exige que tenham sido realizados cursos anteriores na Rede EaD SENASP.

Recomendações
Recomenda-se que você tenha disponibilidade de 5 a 7 horas por semana para leitura dos módulos e materiais complementares, pesquisas, realização de exercícios e interação com tutor e demais estudantes.

Para dar continuidade aos seus estudos relativos a mesma temática sugerimos realizar o curso de Sistema de Comando de Incidentes 2.

Conteúdo Programático
Módulo 1- Visão Geral do Sistema de Comandos de Incidentes
Módulo 2- Estruturação do Sistema de Comandos de Incidentes
Módulo 3- Aspectos Operacionais do Sistema de Comandos de Incidentes
Módulo 4- Aspectos Visuais
Módulo 5- Exemplos Práticos de Utilização do Sistema de Comandos de Incidentes

Referência Bibliográfica
BRUNACINI, Alan V., Mando de Incêndio, Benemérito Cuerpo de Bomberos de Costa Rica.
DEAL, Tim. Beyond Initial Response: Using the National Incident Management System’s Incidente Command System.
http:/training.fema.gov/IS/
Incident Management Handbook – USCG
PAIXÃO, Lisandro. O Sistema de Comandos de Incidentes. Monografia para o curso de Aperfeiçoamento de Oficiais.CBMDF.2006.ou https://ead.senasp.gov.br

Para se inscrever acesse:

http://portal.ead.senasp.gov.br

É amanhã

Deixe um comentário

É AmanhãEntre os dias 18 e 26/05/2017 estarão abertas as inscrições para o ciclo 40 dos cursos Senasp.

Haverão 200 mil vagas para os agentes de segurança de todo o país.

Sugerimos atentar e realizar os cursos que estão com versão atualizada VA para agregar novos conhecimentos. Como por exemplo o curso de Capacitação em Educação para o Trânsito que modificou a nomenclatura para Educação para o trânsito para profissionais de Segurança Pública VA e acrescentou 20 horas a sua carga horária passando a ter 60h/a.

Dúvidas contate o Telecentro ou acesse http://portal.ead.senasp.gov.br/ para ter acesso a todas as informações sobre os cursos.

Equipe Telecentro

Foz do Iguaçu/PR

Older Entries Newer Entries